Morte Boa (Parte 1)

O que acontece quando uma pessoa está morrendo?

Todos nós vamos morrer, alguns antes que outros. Isso é natural, normal e universal. A morte é parte da vida.

Como a maioria das pessoas não têm experiência com o processo que leva a morte ou o que seja o que vai acontecer, resolvi ajudar.

Vou mencionar as fases ou estágios que a maioria das pessoas que estão prestes a morrer, passam. Hoje vou mencionar 3.

1. Mudanças no Aspecto Social

Pessoas que tem doenças terminais e ainda se sentem bem e conseguem participar e curtir conversas e eventos sociais, elas gradualmente começam a se recolher e se fechar para o mundo ao seu redor. Sua atenção é atraída a internalizar tudo o que esta acontecendo e estão em busca de ganhar clareza do significado da vida que tiveram, encerrando e resolvendo assuntos pendentes e também relacionamentos; é tempo de aceitar a inevitável realidade de que sua vida esta no fim. É tempo de reflexão.

Esse é um momento importantíssimo e que deve ser valorizado e entendido pela família.

Por falta de conhecimento, muitas vezes esse momento é erroneamente interpretado como depressão, e familiares “tentando ajudar e animar” acabam interrompendo esse estagio tão importante de reflexão.

A medida que a morte se aproxima e as condições físicas se deterioram, elas passam a maior parte do tempo descansando, dormindo e respondendo menos. Seus sentidos ainda permanecem ativos e são capazes de perceber sua presença e ouvir o que você fala.

2. Mudanças no Apetite e Hábitos Alimentares

As pessoas que estão prestes a morrer perdem a vontade de comer ou beber, e rejeitam mesmo a ingestão de alimentos ou líquidos. Os familiares ficam alarmados especialmente quando a perda de peso é muito grande. Uma reação comum é forçar essa ingestão de maneira mecânica através de sondas, porque acreditam que seu ente querido poderá morrer de fome caso estas medidas não sejam tomadas. Este é um mal-entendido muito sério.

Quando o corpo esta morrendo, o processo digestivo para, a função dos rins diminui e a pessoa naturalmente resiste ao que o corpo não consegue absorver. Forçar fluidos e alimentos além desse ponto, pode aumentar o sofrimento. Permita que o corpo e desejo de seu ente querido determine quando comer e beber.

3. Mudanças no Funcionamento do Corpo

A diminuição da função renal e intestinal, combinadas à quebra dos tecidos do corpo que precisam ser eliminados, tem vários efeitos. A urina se torna mais escura e concentrada, turva e com odor forte. Os músculos da parte inferior do corpo ficam relaxados, e a pessoa que esta prestes a morrer se torna incontinente na bexiga (urina) e intestino (fezes).

Muitas vezes estas mudanças deixam a pessoa envergonhada. Você pode ajudar a preservar a dignidade ao entender esse aspecto como normal e aceitando esse processo, e ainda prometendo manter o ente querido, limpo, seco e confortável.

Todo o material publicado aqui é baseado em pesquisas científicas e fundamentado em evidências comprovadas. Procure referencias no material de apoio.

SideLogo-White-BG@2x.png

Gostou do Assunto? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe aqui o seu comentário

Scroll to Top